Análises Químicas e Potencial Antioxidante do Mel de Angico Produzido pelas Abelhas Sem-Ferrão Jandaíra

Telma Maria G. da Silva, Paulo Ricardo da Silva, Celso A. Camara, Gerlania S. da Silva, Francisco de Assis R. dos Santos, Tania Maria S. Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar o perfil de compostos fenólicos por CLAE-DAD, fazer as análises melissopalinológicas, físico-química e atividade sequestradora de radical livre do mel de Anadenanthera colubrina coletado pelas abelhas sem ferrão Melipona subnitida. As análises físico-químicas revelaram que as duas amostras mostraram um perfil semelhante. Os compostos 4-quinolona e os dois isómeros do ácido abscísico (+)-(2E,4E) e (+)-(2Z,4E) foram separados e quantificados. A atividade sequestradora de radicais livres (DPPH e ABTS) foi realizada com o mel puro, fração MeOH e os três compostos isolados. A fração MeOH é mais ativa do que as substâncias puras testadas separadamente, o que demonstra o sinergismo entre os compostos. O Z,E-ácido abscísico é mais ativo do que o isômero correspondente E,E.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20140089


Palavras-chave


Mel de jandaíra; Anadenanthera colubrina; ácidos abscísicos; 4-quinolona; atividade antioxidante.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online