Uma Breve Visão sobre a Determinação de Metais em Ligas Metálicas e Matrizes Semelhantes: Alguns Métodos Clássicos e Espectroscópicos Modernos

José Augusto Da-Col

Resumo


Processos industriais requerem materiais com propriedades controladas, como metais e suas ligas, que são obtidas da combinação de metais e outras espécies. A produção de aço no Brasil no ano de 2013 foi de, por exemplo, mais de 34 milhões de toneladas. Essa importância se reflete na existência de métodos padrão de análise, como normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e da American Society for Testing and Material (ASTM). Alguns desses métodos são métodos clássicos (gravimétricos e volumétricos) ou métodos instrumentais e sua escolha depende do analito, da quantidade de amostra, de interferentes presentes e do custo. Este texto é um breve panorama de métodos recomendados e também de métodos que possam apresentar inovações à análise de metais.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20140062


Palavras-chave


Determinação de metais em ligas; métodos clássicos; métodos espectroscópicos.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online