Identificação de Polifenóis: Sequência Pedagógica para o Ensino Médio

Heloísa P. Dias, Didley S. Pavia, Wanderson Romão, Denise C. Endringer

Resumo


No presente trabalho, aplicou-se um método alternativo de identificação de polifenóis dentro de uma sequência didática para o ensino de química, visando torná-lo mais significativo para os estudantes. O método foi desenvolvido empregando-se materiais de fácil acesso e custo reduzido, como o suco de caju, rico em polifenóis, sulfato ferroso e água oxigenada, e foi baseado na capacidade de complexação de metais com polifenóis, em destaque os taninos, produzindo coloração esverdeada. A partir do método, uma sequência didática foi elaborada e aplicada a uma turma do segundo ano do ensino médio de um colégio particular do município de Serra-ES, no ano de 2012. O estudo foi classificado como uma investigação qualitativa de caráter descritivo, cujos procedimentos técnicos caracterizam uma pesquisa-ação. Para seu desenvolvimento, foram ministradas duas aulas, uma teórica e outra experimental. Ao final da aula experimental, aplicou-se um questionário de avaliação da sequência didática empregada. Concluiu-se que é possível utilizar a experimentação em química como prática pedagógica a fim de tornar o processo de ensino e aprendizagem mais interessante para os alunos e professores. Faz-se necessário ressaltar ainda que esta prática, quando realizada com materiais alternativos e de baixo custo, torna-se mais viável, pois possibilita a sua realização em escolas que não tem acesso fácil a reagentes químicos.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20140032


Palavras-chave


Polifenóis; Tanino; Ensino de química; Sequência didática.

Texto completo:

PDF MS


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online