Usando as Cores da Natureza para Atender aos Desejos do Consumidor: Substâncias Naturais como Corantes na Indústria Alimentícia

Lidilhone Hamerski, Michelle Jakeline Cunha Rezende, Bárbara Vasconcellos da Silva

Resumo


O uso de corantes sintéticos na indústria de alimentos vem se tornando cada vez mais restrito. As controvérsias existentes quanto aos seus malefícios à saúde associadas à presença de consumidores cada vez mais críticos são os responsáveis por essa mudança. Esse fato aumentou o uso de corantes de origem natural nos alimentos industrializados. Dentre as classes de corantes naturais utilizadas, podem-se destacar as antocianinas, os carotenoides, os curcuminoides e as betalaínas. Esse artigo resume as características químicas, a ocorrência na natureza e as principais aplicações das substâncias de origem natural, mais empregadas como corantes na indústria alimentícia.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20130035


Palavras-chave


Corantes alimentícios naturais; antocianinas; betalaínas; curcuminoides; carotenoides; carmim de cochonilha.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online