Núcleos 1,2,3-triazólicos como uma versátil ferramenta para a obtenção de novos compostos bioativos: uma visão geral

Renato Corrêa da Silva Lessa

Resumo


Núcleos 1,2,3-triazólicos apresentam ampla aplicação na síntese de novos compostos bioativos. Neste artigo serão discutidas aplicações específicas deste heterociclo, reportadas nas duas primeiras décadas do segundo milênio, como: hibridação molecular, bioisosterismo e modificações estruturais. O objetivo é apresentar uma visão geral deste núcleo na química sintética medicinal, especialmente no âmbito nacional.


Palavras-chave


química medicinal; síntese de fármacos; fármaco multialvo; composto híbrido; bioisosterismo; modificação estrutural



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online