Compostos orgânicos voláteis de fungos endofíticos e suas aplicações biotecnológicas

Gleys Kellen Moraes, Luana Fernandes Ferraz, Vanessa Mara Chapla

Resumo


Fungos endofíticos apresentam grande diversidade química e atividades biológicas, estes vivem em associação simbiótica com plantas por pelo menos parte de sua vida. Apresentam potencial na produção de substâncias novas e bioativas, e na descoberta de agentes para uso de interesse agrícola e industrial. Os compostos orgânicos voláteis (COVs) são compostos de baixo peso molecular que evaporam facilmente em temperaturas e pressões ambiente, os fungos não são apenas capazes de criar uma grande variedade de compostos voláteis como também de metabolizá-los. As misturas de COVs produzidos por fungos endofíticos são compostas principalmente por álcoois, aldeídos, ésteres, aromáticos e hidrocarbonetos alifáticos, terpenóides e compostos contendo nitrogênio e enxofre, são de grande importância na ecologia química. Podem ser usados em aplicações biotecnológicas como biocombustíveis, agentes de micofumigação, agentes aleloquímicos e na quimiotaxonomia. O objetivo desta mini revisão foi realizar uma busca na literatura sobre os fungos endofíticos produtores de COVs e suas aplicações biotecnológicas.

Palavras-chave


Fungos endofíticos, compostos orgânicos voláteis, micofumigação, biocombustível



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online