TÉCNICAS SIMPLIFICADAS DE TRATAMENTO DE ÁGUA

Silvio Rollemberg, João Magalhães

Resumo


A água é um elemento essencial para a sobrevivência humana, porém, para consumo direto, é necessário que seja feito tratamento, visando a evitar os problemas de saúde oriundos de uma ingestão de água de baixa qualidade. As tecnologias de tratamento de água podem ser divididas em três principais grupos, sendo eles: sistemas simplificados, sistemas convencionais e sistemas avançados de tratamento. As modalidades simplificadas são processos de baixo custo e que fazem uso de recursos naturais, além de apresentar simplicidade operacional. Nesse contexto, sabe-se que muitos moradores das comunidades rurais localizadas no semiárido brasileiro são obrigados a percorrer grandes distâncias para a obtenção de água de péssima qualidade e de turbidez muito elevada, tendo o atual trabalho o objetivo de apresentar técnicas de tratamento que podem ser aplicadas nessas comunidades desprovidas de sistemas de abastecimento de água. Para tal, foram apresentadas técnicas simplificadas de coagulação e floculação, por meio de produtos naturais, como quitosana, Moringa oleifera, taninos vegetais e Tanfloc. Ademais, foram explicadas formas alternativas de filtração e desinfecção, culminando no entendimento de que as técnicas aqui apresentadas são simples, aplicáveis a águas para consumo direto, mesmo com pior qualidade; versáteis, de baixo custo e eficientes no que tange ao tratamento

Palavras-chave


Sistemas simplificados de tratamento; Coagulantes e floculantes naturais; Formas alternativas de filtração e desinfecção.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online