Aplicação da cinza volante em reações tipo Fenton heterogêneo na degradação do corante índigo carmim

Ana Claudia Bernardes Silva, André Luiz de Souza Neto, Carolina Monteiro Coelho, Felicia Maria Silva Moreira, José Domingos Ardisson, Ana Paula Fonseca Maia de Urzedo

Resumo


O índigo carmim é um corante sintético de coloração azul muito utilizado na indústria têxtil, como aditivo alimentar, em indústrias farmacêuticas e como indicador de pH. A utilização deste corante pode levar à contaminação de águas residuais, contaminando o meio ambiente, prejudicando a fauna e flora aquática. Uma alternativa para o tratamento de águas contaminadas por corantes seria a degradação por processos oxidativos. Desta forma, este trabalho teve como objetivo avaliar a degradação do corante índigo carmim em solução através do processo Fenton heterogêneo utilizando como fonte de íons Fe (II) a cinza volante, um resíduo industrial. A concentração final do corante foi quantificada por espectroscopia de ultravioleta. Foi realizado um planejamento fatorial para determinar as condições ótimas de reação. Os resultados mostraram que aproximadamente 42% do corante presente em solução foi removido sem a necessidade de nenhum pré-tratamento da cinza volante.

Palavras-chave


índigo carmim; Fenton heterogêneo; cinza volante



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online