Ferramentas tecnológicas disponíveis gratuitamente para uso no ensino de Química: uma revisão bibliográfica

MILENA DO PRADO FERREIRA

Resumo


As ferramentas digitais são promissoras ao ensino de Química tanto em nível médio como superior, acreditando-se que a implantação dessas tecnologias produz avanços no ensino-aprendizagem. Porém, sabe-se que ainda é pouco utilizada na rotina escolar, tanto pela falta de conhecimento por parte do docente como pela falta de suporte oferecido pela instituição de ensino. Neste contexto, esse trabalho tem como objetivo apresentar tecnologias de informação e comunicação (TICs), tanto de forma específica como generalizada, que podem ser utilizadas no ensino da Química, com intuito de contribuir na formação dos docentes e futuros docentes. Para tal, foi feito um levantamento bibliográfico nas principais plataformas de periódicos nacionais e internacionais. Desse levantamento, foram selecionados oito artigos, dos quais trazem cinco ferramentas diferentes. Os resultados obtidos na presente pesquisa, mostram que com a utilização das TICs, favorece a compreensão dos conteúdos propostos em sala de aula, além de instigar a participação e o interesse dos alunos e tornar o ambiente descontraído e dinâmico. Dessa forma, é interessante que o professor usufrua dessa tecnologia que está sempre à mão do aluno, a fim de promover uma aprendizagem significativa, diversificada e evolutiva.

Palavras-chave


Softwares educativos; Aplicativos; Formação acadêmica; TICs.

Coment?rios sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online