O Antropoceno, a educação ambiental e o ensino de química

Jussara Lopes de Miranda

Resumo


O Antropoceno, a força geológica do ser humano ou a Idade dos humanos, implica novos processos de reflexão sobre a complexidade da nossa realidade ambiental e planetária. O debate sobre o conceito do Antropoceno e o que isto pode suscitar no meio acadêmico, no ensino e na sociedade devem nos remeter a um necessário processo de diálogo entre os diferentes saberes e a contextualização ambiental no ensino de química. Neste artigo, propomos uma reflexão em relação às contribuições da Educação Ambiental e do ensino de Química neste cenário em três âmbitos: a) a educação ambiental e o Antropoceno, b) o Antropoceno e a Química Ambiental e c) o ensino de Química e o Antropoceno. As relações entre a nova complexidade planetária, a educação ambiental e a aprendizagem social são levantadas para a discussão do Antropoceno, assim como, a abordagem dos limites planetários no ensino de Química. No âmbito do ensino de Química e o Antropoceno, são apresentados três temas selecionados para planejamentos didáticos de aulas para o ensino médio de Química que já foram desenvolvidos em diferentes instituições do ensino médio regular e do Ensino para Jovens e Adultos (EJA) do estado do Rio de Janeiro, a saber: a) os gases do efeito estufa, o aquecimento global e o ensino de Química, b) os resíduos sólidos urbanos e o ensino de Química e c) os plásticos e o ensino de Química.

Palavras-chave


Antropoceno; limites planetários; ensino de Química.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online