Microplásticos: contaminantes de preocupação global no Antropoceno

Cassiana C. Montagner

Resumo


Desde o início da produção em massa do plástico, em meados do século XX, a contaminação ambiental por esse material antropogênico tem sido crescente e cada vez mais aparente, sendo até considerado um indicador geológico potencial no Antropoceno. Microplásticos é um termo usado para agrupar uma gama de diferentes materiais sintéticos poliméricos de tamanho <5 mm. Esses materiais tem sido relatados por diversos estudos, em diferentes matrizes ambientais, a nível global e apresentam riscos físicos e químicos para os organismos na base da cadeia alimentar. No entanto, no Brasil, o interesse pelo assunto é relativamente novo e poucos estudos foram publicados nos últimos anos. Aqui apresentamos uma visão geral da indústria do plástico, os microplásticos como contaminantes no Antropoceno e revisamos a literatura sobre a contaminação por microplásticos em matrizes ambientais brasileiras com suas respectivas metodologias.

Palavras-chave


plásticos; contaminante, matrizes ambientais brasileiras



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online