Revisão crítica sobre a relação estrutura-propriedade-função das substâncias húmicas e a sua regulação do metabolismo oxidativo em plantas

Andrés Calderín García, Tadeu van Tol de Castro, Ricardo Luiz Louro Berbara, Orlando Carlos Huertas Tavares, Sael Sanchez Elias, Nelson Moura Brasil de Amaral Sobrinho, Marcos Gervasio Pereira, Everaldo Zonta

Resumo


O entendimento da química das substâncias húmicas (SH) na ciência do solo enfrenta hoje novos desafios. Teorias alternativas à humificação (processo de formação das SH) têm sido apresentadas à comunidade científica gerando dúvidas sobre a existência destes compostos como uma entidade estrutural presente no solo. Esta revisão tem como objetivo mostrar de forma compreensível que as SH possuem um padrão estrutural independente da fonte de origem, que permite a caraterização por meio de técnicas comuns a outros grupos de compostos (13C NMR CP/MAS). As caraterísticas que as SH apresentam permitem a obtenção e quantificação de propriedades que definem as diferentes funções que exercem no solo. A preservação da relação estrutura-propriedade-função das SH as qualifica como compostos químicos que são formados no solo e que estão amplamente distribuídos na natureza. Destaca-se nesta revisão a importância do conceito de supramolecularidade para explicar as caraterísticas químicas e organizacionais da estrutura húmica e o uso de técnicas espectroscópicas aliadas à quimiometria para entender o comportamento complexo das SH e suas diversas funções.

Palavras-chave


ácidos húmicos; espectroscopia; quimiometria; estresse oxidativo



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online