Estudo de cinética e equilíbrio de adsorção empregando a casca do coco modificada quimicamente para a remoção de Pb (II) de banho sintético

José Eduardo da Silva, Francisco Idelbrando Lima Rodrigues, Sara Nóbrega Pacífico, Leonardo Félix Santiago, Celio Rodrigues Muniz, Gilberto Dantas Saraiva, Ronaldo Ferreira do Narcimento, Vicente de Oliveira Sousa Neto

Resumo


Atualmente o setor industrial que emprega o metal chumbo na sua produção, tais como fabricação de forros para cabos, elemento de construção civil, pigmentos, soldas suaves e munições. Tem causado grande contaminação em efluentes industriais. Diante desses problema, vários métodos vem sendo aplicado para reduzir a concentração desse metal tóxico. A adsorção é um fenômeno de superfície que envolve a transferência de uma espécie química da solução para a superfície do adsorvente. Tal processo tem sido empregado com sucesso na remoção de poluentes devido ao seu baixo custo de obtenção e manutenção (considerando seu reuso). O objetivo deste trabalho é obter um bioadsorbente de baixo custo com capacidade para remover íons Pb+2. A modificação foi através de uma reação de polimerização controlada em meio sulfúrico empregando formaldeído como reagente de partida. No estudo cinético aplicou-se os modelos cinéticos de Pseudo Primeira Ordem, Pseudo Segunda Ordem e o modelo de Elovich. No estudo de mecanismo aplicou-se os modelo de Webber Morris e Boyd. No estudo de equilíbrio foi empregado os modelos de Langmuir, Temkin e Freundlich.

Palavras-chave


Cinética de adsorção; Casca do coco; Chumbo



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online