SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E ESTUDO ELETROQUÍMICO DE MATERIAL HÍBRIDO FORMADO ENTRE POLIANILINA E Fe3O4

Eryza Guimarães de Castro, Caroline Zanotto, Fernando Ratuchne, Fábio Luiz Melquiades, Patricia Teixeira Marques

Resumo


Neste artigo apresentamos um estudo morfológico, estrutural e eletroquímico do material híbrido de polianilina/magnetita (Pani/Fe3O4), obtido através da síntese química convencional. Os materiais precursores e o híbrido foram sintetizados e caracterizados pelas mesmas técnicas para comparação, e avaliar se o híbrido apresenta mudanças ou melhorias em suas propriedades eletroquímicas, em comparação com o precursor. Por microscopia eletrônica de varredura, oabserva-se morfologia de aglomerados para o material Pani/Fe3O4 e a análise por difratometria de raios X indicou uma boa interação entre as fases. O espectro UV-VIS apresentou as transições características da polianilina em forma condutora, sal de esmeraldina. A porcentagem do ferro incorporado no material híbrido foi estimada usando EDXRF, que foi de 34,03%. A análise térmica mostra as perdas de massa e a variação de temperatura da degradação do material híbrido. O material híbrido foi eletroquimicamente caracterizado por voltametria cíclica, que apresentou maior estabilidade do que a polianilina pura.

Palavras-chave


Materiais híbridos; polianilina; óxido de ferro, comportamento eletroquímico



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online