DETERMINAÇÃO DE MANGANÊS EM PILHAS UTILIZANDO UM SCANNER.

047 97590371 Marcel Borges

Resumo


Este artigo descreve um prática de laboratório para o ensino de química, ela consiste em determinar a percentagem de manganês em pilhas utilizando um scanner. 100 g do recheio da pilha são oxidados a MnO4- utilizando IO4-. As curvas de calibração são preparadas pela diluição sucessiva de uma solução de KMnO4. As soluções da curva de calibração e das amostras são colocadas em uma placa de 96 micropoços, a placa é colocada escaneada e os valores de RGB são extraídos da imagem utilizando o ImageJ. A percentagem de manganês nas pilhas também foi determinada utilizando um espectrofotômetro a 526 nm, onde ambos os métodos forneceram resultados equivalentes em um intervalo de confiança de 95%. 


Palavras-chave


RGB; flatbed scanner; ImageJ, Mn;

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online