AS ISATINAS DO PROFESSOR ANGELO

Sabrina Martinez

Resumo


Isatina é uma molécula atraente e versátil. Esta deveria ser a definição de isatina pelo Professor Angelo C. Pinto, um cientista com a alma de um artista que dedicou parte de sua carreira à química da isatina e usou-a como material de partida em várias reações novas. Esta pequena molécula ligou suas ideias a muitos métodos novos em síntese orgânica. O objetivo deste artigo é mostrar como ele desenvolveu seu brilhante trabalho sobre isatinas e associou-as com algumas de suas paixões.

Palavras-chave


Isatina; Angelo C. Pinto; Angelo da Cunha Pinto; métodos sintéticos



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online