Rumo a uma Química Renovável Brasileira a partir da Biomassa Vegetal

Sílvio Vaz Jr.

Resumo


A transição da atual dependência da indústria química por matérias-primas não renováveis, como o petróleo, para matérias-primas renováveis como a biomassa vegetal, tornou-se um desafio estratégico para o século XXI. Produtos químicos têm o maior potencial para agregar valor às cadeias da biomassa vegetal, devido à importância da indústria química convencional e da química química fina para diferentes setores da economia. Este artigo trata do potencial econômico da biomassa vegetal como fonte de matéria-prima para apoiar a produção de produtos químicos renováveis. O foco é demonstrar as perspectivas e os desafios para o desenvolvimento de uma indústria química renovável brasileira, considerando que o Brasil é um dos maiores produtores mundiais de biomassa agroindustrial para diversos fins, especialmente para alimentos e biocombustíveis.

Palavras-chave


Recursos renováveis; Química verde; Biorrefinarias; Bioeconomia.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online