Célula solar de Grätzel: uma proposta de experimentação interdisciplinar

Leonardo Alves Rocha, Ana Beatriz Ferreira Vitoreti, Roberto Vaz, Leticia Gazola Tartuci, Jefferson Luis Ferrari, Marco Antonio Schiavon

Resumo


Nesse artigo um experimento foi avaliado para explorar e difundir a temática de energia solar em um contexto interdisciplinar para diferentes cursos de graduação. Inicialmente o trabalho foi proposto como uma atividade de uma disciplina de pós-graduação para alunos de mestrado e doutorado. A partir dessa atividade, foi aplicado um experimento envolvendo células solares sensibilizadas por corante, avaliada em diferentes cursos de graduação na forma de minicursos. Células solares sensibilizadas por corante foram montadas pelos estudantes, para melhor compreensão sobre a construção e operação dessas células. Foram desenvolvidas algumas adaptações no experimento para o ambiente de sala de aula, facilitando sua execução, fora de um laboratório de pesquisa. Os conhecimentos obtidos pelos estudantes foram avaliados a partir de um questionário e seus resultados são discutidos. A adaptação de um roteiro experimental envolvendo células solares no ambiente de graduação influenciou positivamente na formação dos alunos. 

Palavras-chave


Célula solar; educação química; interdisciplinaridade

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online