Avanços recentes na manipulação genética de organismos para a produção de peptídeos não ribossomais

Gabriela Desiree Tormet Gonzalez

Resumo


Os peptídeos não ribossomais (NRP) são uma classe de produtos naturais produzidos, principalmente, por bactérias e fungos filamentosos. Estes compostos são biossintetizados através de um maquinário enzimático multimodular responsável pela inserção, elongação e modificação química dos substratos inseridos, as sintetases de peptídeos não ribossomais (NRPS). Os NRP possuem uma ampla atividade biológica e particularmente a ação antibiótica é de especial interesse para as indústrias farmacêuticas a maneira de enfrentar um dos maiores desafios da medicina moderna: a multirresistência de bactérias aos antibióticos de uso tradicional. Nos últimos anos, as NRPS tem sido estudadas e manipuladas com o intuito de obter diversidade estrutural. Os avanços na biologia molecular que surgiram na era pós-genômica garantiram o aprimoramento de técnicas já conhecidas, como a mutação sítio-dirigida, aumentando a promiscuidade dessas enzimas, além de introduzir novas técnicas, como a expressão heteróloga, onde a transferência completa de clusters de genes para organismo heterólogo possibilita a identificação de novos compostos ou até mesmo o aumento do nível de expressão daqueles já conhecidos. A presente revisão tem como objetivo destacar a importância da mutassíntese e da expressão em organismo heterólogo na obtenção de novos produtos naturais biossintetizados por NRPS.


Palavras-chave


Peptídeos não ribossomais; Sintetases de peptídeos não ribossomais; Mutassíntese; Expressão heteróloga.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online