Avaliação do Método Analítico Aplicado a Biomarcadores Geoquímicos em Estudo Paleoambiental de Barreira Costeira Associada à Lagoa da Conceição (Florianópolis/SC)

Vânia Ribeiro Ferreira, Luiz Augusto dos Santos Madureira

Resumo


Os biomarcadores geoquímicos são de grande importância em estudos de reconstrução de paleoambientes. Devido ao grande número de etapas envolvidas na sua determinação, tais como extração com solvente, fracionamento, derivatização (esterificação e silanização) e quantificação, é preciso garantir que os resultados obtidos sejam confiáveis. Desta forma, antes das extrações dos biomarcadores nos perfis sedimentares pode-se fazer uma otimização de forma a identificar possíveis perdas envolvidas e avaliar o método analítico que será utilizado. No presente trabalho foram avaliadas a etapa de esterificação, com diferentes tempos de reação, concentrações de NaCl para separação das fases aquosa e orgânica e solventes de extração da fase orgânica. As melhores condições de trabalho foram com tempo de reação de 8 horas, solução da NaCl a 20% (m/v) e hexano. A sensibilidade analítica, linearidade (R2), LOD e LOQ obtidas por meio de curvas de calibração externa para os biomarcadores não foram significativamente diferentes dos resultados obtidos por adição dos padrões em sedimento. A precisão e exatidão do método foram avaliadas por meio de ensaios de recuperação. Os biomarcadores adicionados ao sedimento foram mantidos em contato por 1 hora, 1 dia e 7 dias, em três níveis de concentração. Os resultados de recuperação encontraram-se todos dentro da faixa de recuperação aceitável de 70-120%, com desvios padrão inferiores a 10%. O método analítico foi aplicado às amostras de dois perfis sedimentares denominados de T3 (525 cm) e T4 (364 cm) coletados no sistema praial Moçambique-Barra da Lagoa (Florianópolis Santa Catarina). Com bases nos resultados para hidrocarbonetos alifáticos, uma avaliação preliminar permitiu inferir sobre a presença de matéria orgânica de origem mista para o perfil T3 e terrestre para o perfil T4, com predominância de plantas do tipo C3.


Palavras-chave


Biomarcadores Geoquímicos,, Estudo Paleoambiental, Lagoa da Conceição



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online