Estratégias para a Redução do Custo Computacional no Processo de Otimização das Geometrias do Estado Fundamental e do Primeiro Estado Excitado de Moléculas Orgânicas

Kamilla F. Cândido, Simone S. Ramalho, Wiliam F. da Cunha, Demétrio A. da Silva Filho

Resumo


Cálculos de Química Quântica têm sido utilizados para caracterizar o estado fundamental e o primeiro estado excitado de moléculas orgânicas e polímeros de interesse em diversas aplicações tecnológicas, tais como materiais ativos em diversos dispositivos em Eletrônica Orgânica. Estas moléculas orgânicas podem ter centenas de átomos e uma das vantagens dos cálculos de Química Quântica é a de possibilitar o estudo não apenas moléculas já sintetizadas, como também investigar outras promissoras candidatas para aplicações tecnológicas. A fim de avaliar as propriedades estruturais, eletrônicas e ópticas (por exemplo, a absorção e a emissão) é necessário otimizar o estado fundamental e o primeiro estado excitado dessas moléculas. Neste trabalho, propomos uma estratégia simples que pode ser facilmente implementada na maioria dos pacotes computacionais disponíveis, para reduzir o custo computacional dessas otimizações.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160026


Palavras-chave


Semicondutores Orgânicos; OPVs; estado fundamental; primeiro estado excitado; otimização de geometria.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online