3-Hidroxi-Octadecanoato de Metila, Biomarcador de Endotoxina Uma Síntese Rápida

Ismael Rodrigues Amador

Resumo


As Endotoxinas podem afetar a saúde humana atuando em rins, cérebro e coração. São encontradas no ar ambiente associado ao material particulado atmosférico. A quantificação de endotoxinas pode ser realizada pela determinação dos 3-hidroxi ácidos graxos por cromatografia em fase gasosa. Os 3-hidroxi ácidos graxos não estão disponíveis com facilidade e possuem custos elevados, dificultando medidas de endotoxinas no ar ambiente. Objetiva-se propor uma via sintética dos 3-hidroxi ácidos graxos de baixo custo e facilmente reproduzida em laboratório. A síntese foi efetuada em cinco etapas com formação dos intermediários (cloreto de hexadecanoíla, ácido de Meldrum, 2,2-dimetil-5-(hexadecano-1-ona)-1,3-dioxano-4,6-diona) e o produto final 3-hidróxi-octadecanoato de metila. Todos os reagentes são de baixo custo e as reações foram realizadas em condições brandas. O produto obtido foi caracterizado com RMN e MS.

Palavras-chave


3-hidroxi octadecanoato de metila; biomarcador; endotoxina.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online