Aplicação de Peroxidases no Tratamento de Efluentes

Cyntia Ely, Aniela P. Kempka, Everton Skoronski

Resumo


Esta revisão expõe o uso de enzimas peroxidases no tratamento de contaminantes específicos presentes em efluentes líquidos, tais como compostos fenólicos, aminas aromáticas, corantes têxteis e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos. As peroxidases pertencem a um grupo de enzimas oxidativas distribuídas entre diversos recursos naturais, que podem degradar uma ampla variedade de compostos aromáticos. No entanto, os elevados custos de produção dificultam o uso generalizado destas enzimas para a remediação de efluentes em escala industrial. Estudos de bancada e piloto tem mostrado que o tratamento de efluentes por via enzimática pode ser uma opção viável para a biodegradação de contaminantes. Neste artigo diversos estudos que utilizaram enzimas peroxidases para realizar o tratamento de efluentes são abordados.

Palavras-chave


Tratamento de efluentes; contaminantes; enzimas peroxidases.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online