Flavonoides do Gênero Solanum

Isabela S. P. Pereira, Virginia F. Rodrigues, Maria Raquel G. Vega

Resumo


No Brasil, a família Solanaceae apresenta 31 gêneros e cerca de 500 espécies nativas. O gênero Solanum é o maior e mais complexo desta família. Estima-se que o gênero possua cerca de 1500 espécies e 5000 epítetos que estão localizados nas regiões tropicais e subtropicais do mundo, sendo a América do Sul o centro de maior diversidade desse gênero. As principais classes de metabólitos secundários encontrados nas espécies do gênero Solanum são os alcaloides e flavonoides, estes últimos podem ser utilizados como marcadores taxonômicos devido à especificidade em algumas espécies. Com o objetivo de contribuir para a quimiossistemática do gênero, o presente trabalho traz uma revisão dos flavonoides descritos na literatura, com o registro de 88 substâncias, a partir do ano de 2002.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160021


Palavras-chave


Solanum; flavonoides; quimiossistemática.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online