Coment?rios do leitor

Saúde

por Va e (2019-04-15)


A Sensibilidade Do Profissional De Enfermagem

Os riscos podem estar presentes na forma de substâncias químicas, agentes físicos e mecânicos, agentes biológicos, inadequação ergonômica dos postos de trabalho ou, ainda, em função das características da organização do trabalho e das práticas de gerenciamento das empresas, como organizações autoritárias que impedem a participação dos trabalhadores, tarefas monótonas e repetitivas, ou ainda a discriminação nos locais de trabalho em função do gênero ou raça.

Esses profissionais ainda se deparam com barreiras e uma forte resistência às mudanças e a dificuldade de aceitação social, dificultando a concretização do mesmo, como por exemplo, em relação à cultura curso pro ser saude curativista da população embasado no modelo anterior de assistência à saúde, onde os mesmos não assimilaram por completo a questão da educação e promoção da saúde e os verdadeiros objetivos do PSF(2).

Nesse sentido, a Organização Mundial da Saúde, propondo uma natureza multifatorial da qualidade de vida, refere-se a esse conceito a partir das dimensões: saúde física, saúde psicológica, nível de independência (em aspectos de mobilidade, atividades diárias, dependência de medicamentos e cuidados médicos e capacidade laboral), relações sociais e meio ambientes.

Brasil, a partir da Constituição de 1988, assume compromisso de reorganizar seu modelo de atenção à saúde, referenciado na perspectiva de saúde como direito de cidadania e como recurso que apóia desenvolvimento individual e coletivo, agregando práticas assistenciais, preventivas e educativas.

Porem os resultados deste estudo não são conclusivos, mas pode contribuir para um melhor entendimento acerca da prevenção do câncer de colo uterino, possibilitando não só ao enfermeiro, mas a todos os profissionais da área da saúde e, principalmente, às mulheres, desenvolvimento de ações relacionadas à prevenção.

Na América Latina (OPAS, 1992), realizou-se a Conferência Internacional de Promoção da Saúde, a Declaração de Bogotá documento de lançamento da promoção da saúde na América Latina reconhece a relação de mútua determinação entre saúde e desenvolvimento, afirmando que a promoção da saúde deve buscar a criação de condições que garantam bem-estar geral como propósito fundamental do desenvolvimento.

E é dentro deste contexto onde vários programas foram formulados como proposta de melhorias na saúde e viabilidade das diretrizes do SUS e sua plena consolidação surgem então Programa saúde da Família- PSF, hoje chamado de Estratégia, instituído a nível federal, em várias regiões do país, com intuito de reorganizar os serviços de saúde, descentralizar, tornando acessível controle e a participação social, a atenção básica e a municipalização de saúde.