Sazonalidade na Qualidade Físico-Química e Microbiológica das Águas de Fontes Naturais de Salvador, Bahia

Ana Carolina R. da Silva, Joil José Celino, Juan Carlos R. Alva

Resumo


A qualidade da água nas fontes naturais da cidade de Salvador (Bahia-Brasil) demonstrou um pH com característica levemente ácida e oxigênio dissolvido, nitrato e fósforo com níveis abaixo do permitido pela resolução do CONAMA 357/2005 e pela Portaria Nº 2914/2011 do Ministério da Saúde (MS). Avaliados por estatística multivariada no período de estiagem e chuvoso, os coliformes totais e termotolerantes está com nível excedido na maioria das fontes investigadas confirmando a contaminação da água pela E. coli. Para testes de sensibilidade, as culturas foram feitas em PCA ágar enriquecido com suplementos de metais Pb, Cu, e Cd.The minimum inhibitory concentrations (MIC) to the following heavy metals: Pb, As, Ni, Cu, Hg, Zn, Cr and Cd were determined by plate diffusion. Os isolados estudados foram de bactérias Gram negativas, com arranjo aos pares e com características macroscópicas distintas. Os níveis de sensibilidade aos metais pesados demonstraram a heterogeneidade dos três isolados em relação ao crescimento. Os efluentes líquidos oriundos dos esgotos domésticos e urbanos e os resíduos sólidos (lixo) são as fontes responsáveis pela maior contaminação.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20160044


Palavras-chave


Nitrato; coliformes; estatística multivariada; sensibilidade.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online