Fotofísica Teórica (DFT) de Sondas Fluorescentes Benzotiadiazólicas

Alberto A. R. Mota, José R. Corrêa, Thiago O. Lopes, Heibbe C. B. de Oliveira, Brenno A. D. Neto

Resumo


Derivados do núcleo 2,1,3-benzotiadiazola (BTD) vêm sendo aplicados com sucesso em diferentes áreas tecnológicas e científicas. A possibilidade de inúmeras combinações entre o núcleo BTD e diversas moléculas orgânicas faz com que este núcleo seja um excepcional fluoróforo. Métodos computacionais como a Teoria do Funcional da Densidade (DFT) auxiliam no design racional de novos compostos fluorescentes, bem como uma melhor compreensão de seus processos eletrônicos. Este artigo mostra o procedimento passo-a-passo baseados em cálculos com o método DFT visando a predição fotofísicas teóricas de um derivado fluorescente de ácido oleico com um marcador BTD.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20150018


Palavras-chave


2,1,3-Benzotiadiazola; Gaussian; DFT; Propriedades fotofísicas; Fluorescência.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online