A Interação da Radiação Gama com a Matéria no Processo de Esterilização

Renato César da Silva, Roberta Maria da Silva, Kátia Aparecida S. Aquino

Resumo


A esterilização via radiação gama é utilizada como padrão internacional e o seu uso vem crescendo substancialmente nos processos nacionais. Nesta revisão será tratado o processo de interação da radiação ionizante com a matéria e seus efeitos, além das diversas aplicações de irradiação por raios gama como ferramenta eficiente para esterilização de materiais poliméricos e descontaminação ou redução de carga microbiana nos segmentos de alimentação e embalagens. Este é um método que consiste na exposição dos produtos à ação de ondas eletromagnéticas curtas, geradas a partir de fontes de Cobalto 60 e Césio 137 em um ambiente especialmente preparado para esse procedimento. Como as ondas eletromagnéticas possuem grande poder de penetração, os organismos podem ser alcançados onde quer que estejam, tanto em embalagens lacradas como em produtos acondicionados das mais variadas maneiras, o que garante a total eficácia do processo.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20140105


Palavras-chave


Esterilização; Radiação gama; Ionização; Interação; Efeito biológico.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online