Quantificação e Caracterização dos Principais Componentes do Extrato Etanólico de Cravo-da-Índia Syzygium aromaticum [l] Merr. et Perry.

Raphael S. Affonso, Bruno Lessa, Gláucia B. C. A. Slana, Larissa L. Barboza, Fernanda V. de Almeida, Antônio Luiz S. Lima, Felipe R. de Souza, Tanos C. C. Franca

Resumo


O cravo-da-índia, Syzygium aromaticum [L] Merr. Perry et, é popularmente usado no tratamento de várias doenças. Uma utilização mais recente dessa especiaria no Brasil é uma formulação caseira, com base na extração de etanol dos botões florais secos de S. aromaticum, que se mostrou eficiente como repelente contra mosquitos. Aqui nós avaliamos por meio do desenvolvimento de uma técnica analítica utilizando CG, as concentrações dos principais componentes do extrato etanólico do cravo (eugenol e acetato de eugenila), possíveis responsáveis pela atividade repelente, nesta formulação caseira. Nossos resultados corroboram a eficiência deste protocolo para extrair eugenol e acetato de eugenila, e estabeleceu as condições ideais para extração, além da caracterização dos compostos.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20140086


Palavras-chave


Eugenol; quantificação; acetato de eugenila; repelentes; cravo da Índia.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online