Simulações Multifásicas por Fluidodinâmica Computacional como Suporte ao Planejamento de Emergências com Agentes Químicos

Ilmar Victor M. Barbosa, José Carlos C. Pinto, Evandro S. Nogueira

Resumo


As simulações numéricas relacionadas ao estudo da dinâmica dos fluidos são amplamente utilizadas como uma maneira eficaz para determinar o comportamento físico dos escoamentos nas mais diversas situações e geometrias consideradas. A dispersão de gases de produtos químicos perigosos no ambiente é um dos ramos desses estudos. Dentro deste contexto emprega-se neste trabalho, a fluidodinâmica computacional (CFD), aliada às funções de dose-resposta tipo probit, como ferramenta para análise de risco ambiental, com o objetivo de auxiliar a integração entre os diversos ramos responsáveis pela elaboração prévia do projeto do ambiente e das medidas protetivas ou corretivas em casos de estudos de situações de emergência. Considerando a importância da abordagem proposta e a inserção do Brasil nos quadros de realização de grandes eventos mundiais, como a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016, em que o País não estará imune à ações eventuais de grupos terroristas, mostra-se a importância da integração proposta para minimização dos efeitos danosos sobre as pessoas no caso da ocorrência de eventos indesejados.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20140048


Palavras-chave


CFD multifásico; resposta a emergências; armas químicas.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online