MIL-101: Adsorção de CO2 em Diferentes Temperaturas

Jessica S. Ribeiro, Elisângela S. Costa, Sueli A Hatimondi, Jussara L. Miranda

Resumo


O dióxido de carbono (CO2) é o principal gás de efeito estufa e, por esta razão, vários países estão em busca de novas estratégias para reduzir as emissões deste gás na atmosfera. Assim, entre as opções tecnológicas para a mitigação dessas mudanças, a captura e o armazenamento de carbono (CCS) surgem como uma escolha interessante e promissora para a redução das emissões de GEE a partir de grandes emissores, como termelétricas, refinarias de petróleo e fábricas de cimento. Os materiais híbridos metal-orgânicos, ou "metal organic frameworks" (MOF), surgem como uma classe de materiais porosos promissores no campo de captura de CO2, já que eles são capazes de adsorver grandes quantidades deste gás. O MIL-101 é um MOF, que se apresentou como um material relevante na captura de CO2 devido às suas propriedades de adsorção. Assim, a avaliação da capacidade de adsorção de CO2 do MIL-101 (Cr) é o objetivo deste trabalho. A síntese foi realizada pelo método hidrotermal a 200 °C durante oito horas. O produto formado foi caracterizado por difração de raios X de pó, espectrometria de infravermelho, medições da área superficial e estudos das isotermas de adsorção.

 

DOI: 10.5935/1984-6835.20140077


Palavras-chave


Captura de CO2; adsorção; MIL-101.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online