Butirilcolinesterase - BuChE: Um potencial alvo para o desenvolvimento de fármacos para o tratamento da Doença de Alzheimer

Arthur Eugen Kummerle

Resumo


A Doença de Alzheimer (DA) é uma das principais causas de demência senil, sendo responsável por grande parte das mortes de idosos em países desenvolvidos. Uma importante marca da DA é a perda de acetilcolina (ACh) nos neurônios colinérgicos e não-colinérgicos. No entanto, a atividade acetilcolinesterase (AChE) está aumentada nas placas amiloides, o que tem sido importante na estratégia terapêutica usando inibidores de AChE, como por exemplo a donepezila e a galantamina. A butirilcolinesterase (BuChE) tem menor afinidade pela ACh se comparada a AChE, no entanto sua atividade parece ser crucial para o processo da DA com o declíneo nos níveis de AChE nos estágios avançados desta doença. Dessa forma, a pesquisa com inibidores seletivos de BuChE vem aumentando consideravelmente como uma nova perspectiva para o tratamento da DA. Nesta revisão destacamos inibidores seletivos de BuChE sintéticos e naturais, descritos como candidatos a protótipos de fármacos para a DA.

Palavras-chave


Butirilcolinesterase (BuChE); Inibidores seletivos; Doença de Alzheimer (DA)



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online