CÉLULAS SOLARES SENSIBILIZADAS POR CORANTE: PERSPECTIVAS, MATERIAIS, FUNCIONAMENTO E TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO

Gideã Taques Tractz, Bianca Vanjura Dias, Everson do Prado Banczek, Maico Taras da Cunha, Guilherme José Turcatel Alves, Paulo Rogério Pinto Rodrigues

Resumo


O desenvolvimento humano está relacionado com a descoberta de novas fontes de energia. Por outro lado, esta busca conduziu a severas mudanças climáticas e danos ao meio ambiente, que acabou sendo o foco de pesquisa do século. Aquecimento global, chuva ácida, depleção da camada de ozônio dentre outros problemas ambientais, conduziram ao desenvolvimento de metodologias alternativas de energia. A célula solar é um dos dispositivos mais promissores para a redução da queima de combustíveis fósseis, por utilizar um recurso energético inesgotável. Células solares sensibilizadas por corante (CSSC), desde descobertas por Gratzel e colaboradores, tem apresentado grande foco de estudo, devido ao baixo custo de produção, boa eficiência e fácil produção. Estas, são fabricados pelo uso de um material semiconductor, um corante com alto coeficiente de extinção molar, um intermediador de cargas e um material com atividade catalitica. As mais variadas metodologias eletroquímicas de caracterização vêm sendo utilizadas para entender o princípio operacional destes dispositivos. Neste trabalho é apresentado uma revisão no campo das CSSC, os materiais utilizados, o principio operacional, os avanços tecnológicos e as mais diversas técnicas de caracterização utilizadas

Palavras-chave


Células de Gratzel, medidas de caracterização, eficiência, dispositivo fotovoltaico



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online