Composição química e atividades biológicas do óleo essencial de Peumus boldus (Monimiaceae)

Aniele da Silva Neves Lopes, Isabel Reis Guesdon, Geone Maia Corrêa, Laiane Souza da Silva, Josiana Moreira Mar, Edgar Aparecido Sanches, Jaqueline de Araújo Bezerra, Dominique Fernandes de Moura do Carmo

Resumo


O óleo essencial de Peumus boldus, conhecido popularmente como boldo-do-Chile, tem sido muito estudado, pois apresenta em sua composição, monoterpenos que apresentam atividades biológicas como ?-pineno, ?-pineno, ?-terpineno, limoneno, linalol e 1,8-cineol. O presente artigo tem como objetivo caracterizar o óleo essencial de folhas de boldo-do-Chile obtidas comercialmente e avaliar as propriedades larvicida, frente as larvas de Aedes aegypti, inseticida contra Lipaphis erysimi e inibição da acetilcolinesterase, in vitro, pelo método Ellman adaptado, in silico, por simulação computacional de docking. O óleo essencial foi coletado pelo método de hidrodestilação em aparelho de Clevenger e submetidas a análise por CG-EM. Os índices aritméticos foram calculados e as substâncias foram identificadas por análise de espectros de massas e comparação com a biblioteca e literatura. O óleo apresentou rendimento de 1,2% e foi possível identificar 98,44% da composição química, constituído de monoterpenos, monoterpenos oxigenados e compostos aromáticos. Os constituintes majoritários foram ascaridol (35,24%), 1,8-cineol (29,27%), ?-terpineno (18,16%), isoascaridol (3,59%), trans-pent-1-en-4-ol (2,89%) e ?-pineno (1,67%). O óleo essencial apresenta atividade larvicida contra as larvas de A. aegypti (DL50 < 100 ppm) e atividade inseticida frente a Lipaphis erysimi (DL50 < 60 ppm). O óleo essencial não apresentou inibição da enzima acetilcolinesterase, o que foi confirmada pela avaliação in silico das substâncias majoritárias que não apresentaram acoplamento molecular satisfatório. Estes dados corroboraram com a identificação dos constituintes de folhas comerciais de Peumus boldus e suas propriedades biológicas, bem como para o conhecimento do potencial farmacológico desta planta.


Palavras-chave


boldo-do-Chile; larvicida; inseticida; inibição de acetilcolinesterase.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online