Avaliação do uso da borra de café para utilização em produtos cosméticos – artigo de revisão

Kenia Alexandra Costa Hermann

Resumo


O café é uma das bebidas mais consumidas no mundo gerando grandes quantidades de resíduos sólidos conhecido como borra de café. Esses resíduos além de não apresentarem valor comercial, são descartados em aterros sanitários, incinerados ou queimados podendo ter efeitos negativos sobre o meio ambiente. Estudos indicam que o óleo da borra contém altas concentrações de ácidos graxos poliinsaturados principalmente ácido linoléico e palmítico que tem excelentes propriedades emolientes, hidratantes e protegem a pele do raio ultravioleta. Esse estudo teve como objetivo verificar o uso da borra de café para utilização em produtos cosméticos. Constatou-se que a borra de café é uma fonte importante de compostos bioativos como polifenóis, polissacarídeos, aminoácidos, antioxidantes podendo ser de grande interesse para as indústrias de cosméticos, agregando valor a um resíduo disponível em grandes quantidades.

Palavras-chave


borra de café, cosméticos



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online