Estudo Cinético da Descoloração do Azocorante Alaranjado de Metila por Processos Fenton na Presença de Di-hidroxibenzenos e Ácido Gálico

André Aguiar

Resumo


O presente trabalho avaliou a influência de diferentes compostos fenólicos individualmente (cinco di-hidroxibenzenos e o ácido gálico) na cinética de descoloração do azocorante alaranjado de metila por processos Fenton (Fe2+/H2O2, Fe3+/H2O2). Os tratamentos foram realizados com sais de ferro, H2O2, na ausência e presença dos mediadores fenólicos. Baseados nos dados de descoloração de um estudo prévio do nosso grupo foram analisados os modelos cinéticos de 1a e 2a ordens, além do modelo alternativo BMG. Constatou-se que os compostos fenólicos aceleraram as reações promovendo maiores porcentagens de descoloração do corante alvo. As reações na presença de fenóis se adequaram bem aos três modelos propostos, com exceção do sistema Fe3+/H2O2/mediadores fenólicos para o modelo BMG, enquanto para as reações sem mediadores somente esse último modelo foi apropriado.

Palavras-chave


Reação de Fenton; Radical hidroxila; Di-hidroxibenzeno; Ácido gálico; Corante.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online