Estudo fitoquímco e avaliação do potencial antimicrobiano de uma espécie de inhame (Dioscorea scabra) contra microorganismos causadores de infecções veterinárias

Adrielli Tenfen

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial biológico do extrato bruto hidroalcoólico (EBH) e frações (FAcOEt e FBuOH) das raízes de Dioscorea scabra. O EBH e suas frações foram submetidos a testes de atividade antimicrobiana frente a cepas de bactérias com e sem parede celular, além de leveduras do gênero Candida. O perfil fitoquímico do EBH foi determinado através de ensaios colorimétricos e este foi analisado por CLAE, em comparação a um padrão de diosgenina. A análise fitoquímica mostrou a presença de fenóis, taninos, flavonóides, xantonas, catequinas, esteróides e triterpenóides livres, além de saponinas, características do gênero. Através da análise por CLAE, foi possível identificar a presença de diosgenina no extrato avaliado. A espécie mostrou-se ativa contra todas as cepas bacterianas testadas, sendo a FBuOH a mais ativa contra a espécie Mycoplasma arginini. Nos testes de atividade antifúngica, as amostras apresentaram atividade contra Candida albicans, C. parapsilosis e C. glabrata, sendo que o EBH e a FBuOH demonstraram os melhores resultados.

Palavras-chave


Dioscorea scabra, Diosgenina, Atividade antibacteriana, Atividade antifúngica



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online