Comparação entre métodos de solubilização alcalina e digestão ácida de tecido animal para determinação de metais usando espectrometria de absorção atômica em chama

Mariane Butik

Resumo


Normalmente, as metodologias encontradas na literatura sobre a digestão dos tecidos biológicos costumam demorar e utilizar grandes quantidades de reagentes. Neste estudo, foram avaliados dois métodos de preparação de amostras de testículo bovino: digestão ácida utilizando ácido nítrico e solubilização alcalina usando Hidróxido de Tetrametilamônio. O estudo de validade analítica avaliou os parâmetros de linearidade, limites de detecção e quantificação, precisão e exatidão. Os tempos necessários para a digestão ácida e a solubilização alcalina foram de 1:30 h e 1:00 h, respectivamente. Os resultados obtidos na digestão ácida foram de 105,5% (Cu), 103,3% (Fe), 94,9% (Mn) e 89,6% (Zn) e na solubilização alcalina de 100,8% (Cu), 98,7% (Fe), 103,7% (Mn) e 95,7% (Zn).

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online