Briquetes de Carvão Elaborados a Partir dos Frutos da Bananeira

Pércia Graczyk Souza, Tadeu Miranda Queiroz, José Wilson Pires Carvalho

Resumo


Neste trabalho objetivou-se desenvolver e determinar as características físicas de briquetes de carvões para fins adsorventes a partir de bananas verdes e maduras, adquiridas em dois períodos anuais, utilizando-se de cascas, polpa e cascas com polpa na composição. Foram avaliados os parâmetros volume, rendimento em volume, densidade aparente e relativa e porosidade total. Observou-se que apenas o briquete de carvão elaborado com a polpa de banana verde não manteve o formato no decorrer do processo de confecção. O rendimento em volume dos briquetes elaborados com bananas maduras foi inferior aos demais. Os briquetes elaborados com bananas maduras apresentaram maior densidade aparente, relativa e porosidade total. Conclui-se que a compactação manual dos briquetes precursores feitos com bananas permite a elaboração de briquetes de carvão, com exceção dos elaborados com a polpa de banana verde. A polpa de banana verde apresentou características de excelente agente ligante. Bananas adquiridas no período chuvoso promoveram a melhor combinação de resultados para briquetes de carvão com finalidade adsorvente, assim como os briquetes feitos com polpa de bananas maduras ou contendo apenas cascas em sua composição.

Palavras-chave


adsorventes; briquetagem; reaproveitamento; bananicultura

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online