EMPREGO DA GERAÇÃO FOTOQUÍMICA DE VAPOR PARA AVALIAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO DE MERCÚRIO EM AMOSTRAS DE BIODIESEL

Meibel Teixeira Lisboa, Anderson Schwingel Ribeiro, Mariana Antunes Vieira

Resumo


Neste trabalho, foi utilizada a geração fotoquímica de vapor acoplada à espectrometria de absorção atômica para avaliar a concentração de Hg em amostras de biodiesel. Os principais parâmetros para avaliar as melhores condições para a geração fotoquímica de vapor de Hg foram investigados (massa da amostra, concentração de ácido fórmico, tempo de irradiação e taxa de fluxo de gás). As espécies voláteis de Hg foram geradas em amostras de biodiesel preparadas em ácido fórmico (20% (v/v) e etanol (76% v/v). As curvas de calibração foram preparadas utilizando-se soluções padrão de Hg2 + em etanol. Os limites de detecção e quantificação , em g L-1, foram 0,05 e 0,17, respectivamente. Devido à falta de amostras de biodiesel com uma concentração certificada de Hg, a exatidão do método foi avaliada através das recuperações de espécies de mercúrio adicionadas às amostras, obtendo-se valores de recuperação entre 81 a 112%. Os valores do desvio padrão relativo foram inferiores a 1,2%, indicando uma boa precisão do método. Não foi encontrado mercúrio nas amostras de biodiesel, considerando o limite de detecção. O método proposto mostrou boa sensibilidade. O preparo da amostra é simples e prático.

Palavras-chave


Mercúrio, Biodiesel, Geração fotoquímica de vapor, AAS.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online