Compostos organofosforados e seu papel na agricultura

Henriqueta Talita Guimarães Barboza, Xênia Porto Ramos Nascimento, Otniel Freitas Silva, Antonio Gomes Soares, João Batista Neves DaCosta

Resumo


A necessidade agropecuária de maior produção de alimentos em espaços cada vez menores levou à busca de tecnologias capazes de proporcionar maior rendimento por área, o que disseminou o uso de defensivos agrícolas. Além disso, o ataque por microrganismos como fungos, bactérias e vírus, é provavelmente uma das causas mais sérias de perdas pós-colheitas de frutas e hortaliças. Dentre os produtos utilizados como defensivos, os compostos organofosforados (OFs) foram e ainda são importantes para as atividades agrícolas em todo o mundo, constituindo uma família muito diversificada de produtos químicos orgânicos. Os OFs foram banidos da agricultura em vários países devido sua alta toxicidade, pois podem ser inibidores da enzima acetilcolinesterase (AChE), que desempenha um papel crítico no bom funcionamento das células nervosas. No entanto, a toxicidade está relacionada a estrutura da molécula. Desta forma, têm-se estudado uma nova geração de OFs, não inibidores da AChE e com maior atividade biológica.

Palavras-chave


Compostos Organofosforados; Pesticidas; Pós-colheita; Acetilcolinesterase



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online