Determinação de gases do efeito estufa em cinco capitais de diferentes biomas brasileiros

Cleyton M. da Silva

Resumo


Em um mundo em constante transformação, as concentrações crescentes de gases de efeito estufa (GEE) e os processos que podem levar ao sequestro de CO2 e à mitigação das concentrações destes gases para conter o aquecimento global são relevantes. Neste trabalho foram determinadas as concentrações de CO2, CH4 e N2O em cinco capitais brasileiras, pertencentes aos três principais biomas brasileiros: Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro na Mata Atlântica, Brasília no Cerrado e Belém na Amazônia. As coletas e análises químicas foram realizadas utilizando um método de análise de baixo custo recentemente desenvolvido por alguns dos autores deste estudo. As concentrações de CO2, CH4 e N2O se encontram nos intervalos 391-542 ppmv, 1,74-2,31 ppmv e 263-342 ppbv, respectivamente. Os valores encontrados neste trabalho são consistentes com os reportados para outras áreas urbanas no mundo e não apresentaram diferenças importantes dentro de uma mesma cidade, ao se comparar a área verde com a área livre de cobertura vegetal, devido provavelmente à rápida mistura das massas de ar e o efeito global das áreas verdes como sumidouro de carbono. Contudo, para a cidade do Rio de Janeiro as concentrações de CO2 foram claramente menores, tanto no inverno quanto no verão, que nas outras cidades, sugerindo a importância das áreas compactas de florestas, especialmente de floresta secundária e outras áreas de reflorestamento recente, no processo de sequestro de carbono.

Palavras-chave


dióxido de carbono; sequestro de carbono; emissões atmosféricas; poluição urbana; áreas verdes; aquecimento global.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online