Potencial antimicrobiano de espécies do gênero Senna Mill. (Fabacea)

Andréa Maria Neves, Patrícia Silva Costa, Elnatan Bezerra Souza, Maria Gleiciane Soares Coutinho, Maria Goretti Vasconcelos Silva, Helcio Silva Santos, Raquel Oliveira Santos Fontenelle

Resumo


Este artigo de revisão tem como objetivo apresentar as principais características acerca do perfil antibacteriano, antifúngico, biofarmacológico e composição química de 17 espécies de Senna Mill. encontradas em várias partes do mundo empregando dissertações e artigos, todos disponíveis nos Periódicos Capes (http://www.periodicos.capes.gov), Scielo (http://www.scielo.org), Science Direct (http://www.sciencedirect.com) e Google Acadêmico (http://www.scholar.google.com)  (1997 a 2016). Todas as espécies pesquisadas apresentaram atividade antibacteriana e antifúngica. Foi verificado também que as espécies investigadas apresentaram composição química estruturalmente diversificada. Foram identificados compostos de diversas classes como os flavonoides, saponinas, taninos, entre outros. Foram registradas também para as espécies de Senna estudadas inúmeras atividades biofarmacológicas. 


Palavras-chave


Leguminosae; Atividades biofarmacológicas; Atividade antifúngica; Atividade antibacteriana.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online