ESTUDO DA HIDRÓLISE ÁCIDA DA CYPERUS ESCULENTUS PARA PRODUÇÃO DE ETANOL

Douglas Santos Oliveira, Marina Schimaichel Boava, Cynthia Beatriz Furstenberger, Guilherme José Alves Turcatel, Guilherme Arielo Rodrigues Maia, Paulo Rogério Pinto Rodrigues

Resumo


A produção de etanol está crescendo anualmente. No entanto, como aspecto negativo deste crescimento ocorre uma competição entre a produção de álcool e de alimentos. Dentre as alternativas para a produção de etanol a erva daninha Cyperus esculentus apresenta aproximadamente 32% de amido.  O amido deve passar pelo processo de hidrólise, em que ocorre a quebra das cadeias poliméricas do amido e assim a formação de açúcares redutores. Neste trabalho foi utilizada a rota ácida via ácido fosfórico. Para avaliar a melhor condição de hidrólise do ácido fosfórico, utilizou o delineamento experimental 22. As variáveis utilizadas foram a temperatura e o tempo de reação. A melhor resposta obtida foi a temperatura de 110 °C com um tempo de 120 minutos, dando como resposta 0,195 mg L-1 de açúcar redutor e 76,80 % de teor de etanol. Em relação ao estudo cinético, foi efetuado um novo ensaio usando as temperaturas de 70, 90 e 110 °C com um tempo de 120 minutos, para descobrir a ordem de reação e a constante de ionização. Os valores de k encontrados para hidrólise via H3PO4 com cinética de primeira ordem foram: k70= 0,0271; k90= 0,0225 e k110= 0,0220 min-1, sendo assim k70>k90>k110 indicando que a reação foi mais lenta na temperatura de 110 °C.

Palavras-chave


Biocombustível; bioenergia; etanol; erva daninha;

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online