Avaliação da composição mineral de folhas e chás de embaúba (Cecropia palmata Willd. e Cecropia obtusa Trécul.) por espectrometria de emissão ótica em plasma indutivamente acoplado (ICP-OES)

Terezinha Nery Ramos, Osmar Alves Lameira, Mariana Sarkis Muller, Regina Sarkis Muller, Kelson Freitas Faial, Marcelo Oliveira Lima

Resumo


Neste estudo foram avaliadas as concentrações dos metais em folhas e chás de Cecropia em diferentes períodos sazonais. As amostras foram analisadas por espectrometria. Os resultados revelaram que ocorreu uma reduzida transferência dos metais da matéria seca para os chás, e que os teores de minerais não excederam os limites máximos toleráveis. Estudos quimiométricos mostraram que as espécies Cecropia obtusa e Cecropia palmata obtidas no período chuvoso apresentaram maior similaridade, em relação aos teores dos nutrientes Ca, Cu e Mn.


Palavras-chave


cecropia; chá; composição mineral; período sazonal



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online