A Prática como Componente Curricular e o Estágio Supervisionado na concepção dos licenciandos: entre o texto e o contexto

Aan Jhones da Silva Santos, Nyuara Araújo da Silva Mesquita

Resumo


A prática no processo de formação de professores tem sofrido a influência de diversos contextos sendo moldado historicamente, apresentando assim diferentes significações, e consequentemente, vem se institucionalizando pelas reformas curriculares pelas quais passaram os cursos de formação de professores desde a sua concepção. Neste processo, duas práticas se destacam no sentido de consolidar a formação do professor nos dias atuais, são elas: a prática como componente curricular (PCC) e o estágio supervisionado (ES). Ambos, PCC e ES, têm suas ações norteadas pelas Resoluções CNE/CP 1/2002, 2/2002 e 2/2015 e que apesar de concepções bem similares foram instituídas em demarcações históricas diferentes. O corpus da pesquisa foram os pareceres, resoluções e diretrizes que definem e sistematizam a PCC e o ES nos cursos de licenciatura em química buscando relacioná-los com a concepção dos alunos alcançada por meios dos questionários. Em virtude dos aspectos analisados, notou-se a falta de compreensão e, até certo ponto, de distinção da prática atribuída à PCC e da prática desenvolvida no ES. Não que sejam práticas distintas, mas que diferem em seus modos de sistematização, que são especificados, inclusive, pelos pareceres, resoluções e diretrizes.


Palavras-chave


Formação de professores de Química; Prática como componente curricular; Estágio supervisionado



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online