Avaliação Físico-Química de Preparados Sólidos para Refresco de Diferentes Marcas e Sabores

ANA JÚLIA MÜLLER, JÚLIA G.S. TISCHER, ENIZ CONCEIÇÃO OLIVEIRA, Wolmir José Böckel

Resumo


Os preparados sólidos para refresco são utilizados na elaboração de bebidas não alcoólicas através de sua diluição em água, simulando o sabor de fruta natural. Possuem um preço de mercado mais acessível que as bebidas prontas para o consumo, porém, alguns parâmetros ainda não estão normatizados pela legislação brasileira. Desta forma, este trabalho traz o resultado de análises físico-químicas de cinco diferentes marcas de preparados sólidos para refresco e sua relação com os valores encontrados no referencial científico e na legislação brasileira. Os parâmetros avaliados foram: acidulantes, atividade de água (aw), corantes artificiais, potencial hidrogeniônico (pH), sódio e sólidos solúveis totais (°Brix). Os resultados para o sódio foram comparados com os valores declarados nos rótulos das amostras, excedendo o valor em algumas marcas. Os teores de acidulantes variaram de 3,1 a 16,6 % e a atividade de água entre 0,390 e 0,451. Em relação aos resultados obtidos para os corantes artificiais, as marcas A, B e D apresentaram resultados acima do limite permitido (1 mg.100 mL-1) para o corante Eritrosina. Desta forma, verificou-se que apenas em relação ao teor de corantes artificiais, nas marcas A, B e D há resultados que não estão em conformidade com o que preconiza a legislação brasileira, sendo que para os demais parâmetros não há limites estabelecidos por lei.

Palavras-chave


Corante artificial; Eritrosina; Acidulante; Sódio.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online