ÓLEOS ESSENCIAIS DOS FRUTOS E FOLHAS DE Kielmeyera coriacea: ATIVIDADE ANTITUMORAL E ESTUDO QUÍMICO

Cristiane Cazal, Raiane Lemes, Géssica Costa, Mayker Miranda, Douglas Silva, Amanda Becceneri, Marcia Cominetti, Vania Diniz

Resumo


Kielmeyera coriacea é uma planta típica do Cerrado conhecida como pau-santo sendo muito utilizada pela medicina popular no tratamento de diversas doenças. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar quimicamente os óleos essenciais dos frutos e das folhas de K. coriacea e avaliar sua atividade antitumoral frente às linhagens de células tumorais humanas MDA-MB-231(tumor mama) e DU-145 (tumor de próstata) na busca de novos compostos bioativos de origem natural. Os óleos essenciais foram extraídos por hidrodestilação em aparato clevenger. O rendimento dos óleos essenciais das folhas e frutos foi de 0,38 % e 0,0041 %, respectivamente. Os compostos majoritários presentes no óleo essencial das folhas de K. coriacea, foram: 2- Acetato de (2E)-tridecenol (9,06 %), Ácido 1,2-benzenodicarboxílico (8,28 %) e E-nerolidol (7,70 %). E no óleo essencial dos frutos os constituintes majoritários identificados foram: D-germacreno (18,94 %), neo-intermedeol (12,18 %) e biciclogermacreno (12,00 %). Este é o primeiro relato da composição química do óleo essencial dos frutos de Kielmeyera coriacea. O óleo essencial dos frutos inibiu a ploriferação celular das linhagens tumorais DU-145 e MDA-MB-231 e das celulas não tumorais (FH), enquanto que o óleo essencial das folhas não exibiu atividade frente a nenhuma linhagem tumoral testada. Destaca-se ainda que ambos os óleos essenciais analisados foram citotóxicos frente às células normais (FH).

Palavras-chave


Kielmeyera coriacea, frutos, óleo essencial, câncer, composição química



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online