Produção e Caracterização de um Novo Polímero Termoplástico a partir do Óleo de Linhaça e Glicerol Seguindo os Princípios da Química Verde

Gilbert Bannach

Resumo


Este trabalho apresenta a síntese de um polímero a partir da biomassa, óleo de linhaça e glicerol aplicando-se os conceitos da química verde e com baixo custo. O polímero possui características termoplásticas e a caracterização térmica foi realizada usando-se de técnicas termoanalíticas: Termogravimetria-Análise Térmica Diferencial simultâneas e Termogravimetria Derivada (TG-DTA/DTG), Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC). Para complementar os estudos termoanalíticos foram utilizados a Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espectroscopia de absorção na região do infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Difratometria de raios X pelo método do pó (DRXP), viscosidade inerente, densidade e resistência a solventes.

Palavras-chave


Biomassa; Polímero Termoplástico; Química Verde.



Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online