Estudo do Potencial Adsortivo de Alaranjado de metila por Resíduo Proveniente do Processo de Obtenção do Silício Metálico

Karyme Souza Vilhena

Resumo


A busca por materiais alternativos e de baixo custo aplicados no tratamento de efluentes industriais tem crescido nos últimos anos, a aplicação de materiais de origem natural ou resíduos alternativos contendo carbono vem despertando o interesse para o desenvolvimento de tecnologias que não agridem o meio ambiente. Neste estudo foi investigada a capacidade de adsorção do corante alaranjado de metila pelo resíduo industrial proveniente do processo de produção do silício metálico através de espectrofotometria UV-VIS. Foram determinados o ponto de carga zero, composição química, isotermas de adsorção de cinética e equilíbrio e os resultados obtidos foram aplicados a modelos de pseudo primera-ordem, pseudo segunda-ordem e Weber-Morris para os modelos de cinética de adsorção e modelo de Freundlich, Temkin e Dubinin-Radushkevich para os ensaios de equilíbrio.

Palavras-chave


Adsorção, Alaranjado de Metila, Espectrofotometria UV-VIS

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os coment?rios


Creative Commons License
A Revista Virtual de Química está licenciada sob as condições do Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License. Sob esta licença, a RVQ permite que seu conteúdo seja copiado, distribuído, exibido e executado desde que os devidos créditos à Revista e aos autores sejam dados. Contudo, o usuário não poderá utilizar o conteúdo com finalidades comerciais, a menos que obtenha permissão da Editoria da Revista.
Visitantes Online